Uva do Japão

Hovenia dulcis

Família: Rhamnaceae

Exótica (China e Japão)

Botânica: Uva do Japão, espécie considerada exótica invasora devido ao crescimento rápido que demonstra em relação as espécies nativas, pela sua adaptação em qualquer ambiente e pela sua dispersão, que tem a fauna como aliada, oferecendo a eles frutos com alto teor calórico.

Muito comum encontrar essa espécie no paisagismo, utilizada por pelo seu crescimento rápido, pelo grande porte e copa aberta para fornecer sombra no verão, perdendo suas folhas no outono, permitindo maior incidência de luz solar e calor para o inverno.

Medicinalmente é utilizado como potente anti-ressaca, antiviral e anti-inflamatório.

O fruto é apreciado em várias receitas e é uma fonte boa de carboidratos, fibras, vitamina C e proteínas.

A madeira é utilizada para fabricação de para vigas, caibros, forro e assoalho e é ótima para lenha, facilmente queimada mesmo verde, seus galhos secos são excelentes para iniciar fogo.

 

Esta espécie chama atenção pela copa globosa, composta por folhas simples, dispostas alternadas, com pecíolo curto e ovadas. Sua casca é lisa ou levemente fissurada, de cor pardacenta ou cinza-escura. As flores são esbranquiçadas, hermafroditas, de pequenas dimensões e muito numerosas. O fruto por sua vez, apresenta cápsulas globosas com pedúnculo carnudo, doce e vermelho quando gelado. Cada cápsula contém de 2 a 4 sementes avermelhadas quando recentemente colhidas e castanhas com o passar do tempo.

Utilizada como planta medicinal para tratamento de excessos de consumo de álcool, e também para a produção de geleia.

UVA DO JAPÃO 3.jpg