TIPUANA 3.jpg

Tipuana

Tipuana tipu

Família: Fabaceae

Exótica (Argentina e Bolívia)

Botânica: Tipuana é uma espécie nativa da Bolívia e do norte da Argentina, no Brasil ela é considerada exótica, porém sem potencial invasor. Foi introduzida no país pelo interesse paisagístico tendo como característica uma copa aberta e frondosa, inflorescências com flores alaranjadas, tendo preferência áreas com muita luminosidade e espaços abertos devido ao seu porte e raízes.

Muito utilizada na arborização urbana na capital gaúcha, porém causando problemas pelo porte e dificuldades de manutenção e poda correta.

A tipuana é uma árvore decídua e florífera, que chega a medir 40 metros de altura, a copa é ampla e densa, e as folhas são opostas, compostas com folíolos oblongos e verdes. Os frutos secos e lenhosos, possuem a forma de vagem, alados e indeiscentes, ou seja, não se abrem espontaneamente, o que favorece a sua dispersão pelo vento. A floração ocorre entre o final do inverno e durante a primavera, são inflorescências em ramos que axilares, pendentes ou terminais com numerosas flores surgem em cachos, com coloração alaranjada e que possui uma mancha pequena marrom na sua base.

Esta espécie é capaz de suportar longas estiagens, se adaptando ao clima temperado, tropical e subtropical, o que facilita a sua utilização na arborização urbana tanto no Brasil como em outros países.