TARUMÃ 4.jpg

Tarumã

Vitex megapotamica

Família: Lamiaceae

Nativa do Brasil

Botânica: Árvore caducifólia, de médio porte, com ate 12 metros de altura. O tronco em geral é tortuoso e retorcido, a casca externa é castanho-acinzentada, deiscente em tiras delgadas e estreitas. Heliófita ou de luz difusa, pioneira a secundária tardia e seletiva higrófita. Possui folhas compostas, digitadas, opostas, com média de cinco folíolos. As flores, hermafroditas, pentâmeras, diclamídeas e hipóginas, são pequenas, com até 1 cm de diâmetro e dispostas em cimas terminais ou axilares, de até 10 cm de comprimento. Os frutos são tipo drupas globosas, carnosas, nuculânio, tetralocular com superfície lisa e brilhante, de cor vermelho-arroxeada e possuem geralmente 1 semente.

É uma espécie rústica, pioneira, que se adaptada a diferentes condições de solo, fornecendo alimento para fauna, uma boa alternativa para recomposições florestais. A madeira também é utilizada na construção civil em geral, em obras hidráulicas e expostas, cepas de tamancos, tonéis. Há também relatos de pessoas que utilizam o cha das folhas no combate a hipertensão arterial (pressão alta), colesterol, inflamação do útero, da bexiga e da próstata.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram