TANHEIRO 2.jpg

Tanheiro

Alchornea triplinervia

Família: Euphorbiaceae

Nativa do Brasil

Botânica: Árvore perene ou semi-persistente, de médio porte, com cerca de 15 metros de altura. O tronco é tortuos, com casca composta por duas camadas, sendo a exterior de cor acinzentada a cinza-rosada, e áspera com fissuras de pequena dimensão, enquanto a camada interna é fibrosa e de cor castanha-rosada. As folhas com cor verde-escura, são simples, de forma elíptica ou arredondada, alternadas, coriáceas, e com um longo pecíolo, possuem as bordas serrilhadas e três nervuras, que deram origem ao nome. As flores são pequenas de coloração clara e agrupam-se em cachos axilares solitares ou emparelhados, que atingem os 20 cm de comprimento.

 

Os frutos, de cor verde-escura, têm a forma de cápsulas arredondadas e carnosa. Possuem duas sementes castanhas de 3 a 6 mm de comprimento.

Sua madeira é leve, e costuma ser empregada na fabricação de caixões, tabuados em geral e na construção civil, entretanto não apresenta alta durabilidade sendo opção para obras internas. É também usada como combustível.

TANHEIRO 1.jpg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram