02010360_edited.jpg

Quati

Nasua nasua

O quati ou cuati, é um mamífero da família do guaxinim. É encontrado em florestas tropicais, desde o Panamá até o norte da Argentina, inclusive no Brasil.
No estado possui distribuição restrita às áreas florestadas ao norte (Floresta Ombrófila Mista) e noroeste (Floresta Estacional Decidual), além de matas ciliares de rios próximos a Lagoa dos Patos, sendo relativamente comum na Serra Geral, com limite de distribuição sul até a Serra de Sudeste no Pampa Gaúcho. São animais diurnos, que possuem uma pelagem que varia de amarelo à marrom escuro no dorso. A cauda deste animal é bem peculiar, apresentando o tamanho do corpo do animal e de forma ereta enquanto o Quati anda.
Possui ainda um focinho fino e alongado. Vivem em grupos, podendo chegar até 30 indivíduos ou mais. É onívoro, ou seja, alimenta-se de produtos de origem vegetal e animal, come frutos, ovos, minhocas e insetos, e suas garras afiadas o ajudam a encontrar a comida escavando o solo.
Outra informação interessante é que quando há abundância de alimentos de origem antrópica (lixeiras e comedouros) podem passar a se alimentar principalmente disso. As fêmeas e os jovens andam em bandos; já os machos adultos preferem viver sozinhos. Os quatis dormem no alto das árvores, nas quais podem subir facilmente devido ao formato das patas, parecidas com as dos ursos. Preferem o dia à noite. Causam estragos quando invadem galinheiros e milharais em busca de comida. Existem quatro espécies de quati: quati-mundi, quati-de-nariz-branco, quati-de-cozumel e quati-da-ilha.

02010362_edited.jpg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram