Guabiju

Myrcianthes pungens

Família: Myrtaceae

Nativa do Sul do Brasil

Botânica: Espécie arbórea perenifólia, que atinge até 25 metros de altura, com tronco acinzentado, casca lisa e copa arredondada. As folhas são pequenas, simples, peciolada, de bordos inteiros, e de cor verde escura quando adultas, apresentando um acúleo na ponta. As flores são brancas e melíferas e ocorrem nos meses de outubro e novembro. Os frutos são bagas arredondadas, com uma ou duas sementes grandes, envolvidas por uma polpa espessa, amarelada e suculenta, de sabor doce e agradável e de casca grossa. Além do sabor agradável, a polpa é benéfica para saúde, pois apresenta compostos com efeito antioxidante.

Os frutos não costumam ser comercializados devido a sua fragilidade, sendo restritos a quintais e hortas domésticas, porém são importantes para a alimentação principalmente da avifauna local, além de ser uma árvore bastante utilizada na arborização urbana e rural.

Devido as propriedades fitoquimicas do fruto, essa planta vem sendo estudada a fim de ser aplicada como auxiliar no tratamento e diminuir os efeitos de doenças neurodegenerativa, como o Alzheimer.

GUABIJU 2.jpg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram