FIGUEIRA-MATA-PAU 3.jpg

Figueira-Mata Pau

THIS IS A GREAT PLACE FOR YOUR TAGLINE.

Família: Moraceae

Nativa do Brasil

Botânica: Árvore pioneira, caducifólia, heliófita, seletiva higrófita, de médio porte, com altura de cerca de 16 metros, lactescente, com tronco largo e espesso com sapopemas (barrigas) grandes na base, e quando a arvore é velha as raízes ficam expostas parecendo grandes escoras basais. A copa é globosa e densa de 8 a 25 m de diâmetro. O tronco exsuda látex abundante quando machucada, a casca é acinzentada e grisácea de superfície lisa com marcas espassadas de lenticelas (verrugas) horizontais. As folhas são alternas espiraladas, ficam concentradas no ápice dos ramos e são simples, glabras em ambas as faces, coriácea, lanceoladas, oblongas e quando novas as nervuras dorsais são puberulentas. Inflorescências axilares do tipo sicônio, geminadas ou agrupadas, com pedúnculo de até 3 mm. As brotações vegetativas dos ramos são protegidas por estipulas avermelhadas ou mais raramente esverdeadas, espatuladas de 1,5 a 2,5 cm de comprimento. Figo, o fruto, é glabro e pontuado, de cor amarelo-arroxeado, com ostíolo (abertura apical) em depressão.

A madeira é usada apenas para confecção de gamelas, caixotaria e miolo de portas e painéis. A árvore, de rápido crescimento e fornecedora de boa sombra e recomendada para reflorestamentos e paisagismo rural.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram