Araucaria.jpg

Araucária

Araucaria angustifolia

Família: Araucariaceae

Nativa do Sul do Brasil

Botânica: Espécie arbórea, conífera dioica, perenifólia, heliofita, de solo seco, considerada de grande porte pode atingir mais de 50 metros de altura. Quando jovens apresentam formato de cone. Já adultas a copa possui simetria radial e formato de candelabro ou guarda chuvas, que é marcante nas paisagens do Brasil, com grande destaque para região Sul. Algumas características morfológicas podem variar de acordo com as condições do solo e disponibilidade de luz no local em que estão. O tronco é ortotrópico, monopodial e com crescimento rítmico indefinido, o padrão de ramificação é também rítmico. Os ramos são arranjados nos galhos em pares, mais ou menos no mesmo plano. Suas folhas, as acículas, são verde-escuras, simples, alternas, espiraladas, lineares a lanceoladas, coriáceas, com ponta terminando em um espinho muito pungente, podendo chegar a 6 cm de comprimento por 1 cm de largura.

 

      Esta planta é dioica, e a floração feminina ocorre o ano todo, já a masculina ocorre de agosto a janeiro. As flores femininas são conhecidas como pinhas e as masculinas são cones cilíndricos. As araucárias não apresentam frutos verdadeiros, ou seja, as sementes não são envolvidas por uma polpa, que ficam agrupadas nas pinhas, e quando maduras, assumem uma forma de bola com cerca de 15 a 30 centímetros e chegam a pesar 5 quilos.

Araucaria.jpg
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram